chat

segunda-feira, 7 de outubro de 2019

Encontro Latam Summit XLH


24, 25 e 26 de abril de 2019


Encontro latino Americano que aconteceu em São Paulo sobre Raquitimo Hipofosfatemico ligado ao X


No primeiro dia, após abertura o  Dr. Stan Krolczyk da América & Latam, Medical strategy , Ultragenyx fez uma apresentação geral de XLH; Dra Soraya Sader do Hospital das clínicas de Ribeirão Preto (SP) falou dos desafios e Perspectivas do XLH na infância; o Dr. Mauro Borghi da Santa casa de Misericórdia de SP mostrou alguns casos clínicos do XLH na idade adulta; Dra Elizabeth Olear falou do XLH Network; encerrando o dia com um painel com todos os médicos.

No segundo dia e último na parte da manhã teve 4 pacientes testemunhando suas histórias de Vida . Que foram eles do Rio de janeiro, Rafaelli Cardoso Silva, Eduardo Nero Coutinho e Marcos Pernambuco. De São Paulo foi a Vanessa Ribeiro e dos EUA a Sra Marina Velásquez. Na parte da tarde tivemos as experiências de representantes de quatro paises diferentes do Chile – Myrian Estivil; do Brasil – Margareth Carreirão; da Argentina – Sonia Copa e da Colômbia – Luz Victoria Salazar e o encerramento foi um Workshop Fundações / associações.

A presidente da ANOI esteve presente no evento e teve a oportunidade de indicar um médico do Conselho científico da ANOI.






















 
 
 

 




 



 

0 Comments:

Postar um comentário

Seja bem vindo a nossa associação!        Cadastro no Menu--->

ANOI existe oficialmente desde maio de 2017, mas vem representando as pessoas com OI desde ano 1999 com a denominação de ABOI o que possibilitou ampliar a nossa participação em várias ações, em eventos e congressos de associações, tem atuado com muita freqüência em parceria com outras associações de pacientes com doenças raras. Ultimamente, a ANOI vem se fazendo presente em audiências públicas, Fóruns e Comitês levando aos legisladores o conhecimento sobre a OI e suas reivindicações. Tem como missão lutar pela melhoria da qualidade de vida das pessoas com Osteogênese Imperfeita, o que significa essencialmente, produzir e divulgar informação de qualidade sobre a doença e seu tratamento, além de organizar os interessados para uma luta bem direcionada por seus direitos de cidadão.